Antologia “Nos Limites do Infinito”, Ed. Divergência (2015)

Noslimitesdoinfinito

Título: Antologia “Nos limites do Infinito”

Nº de páginas: 56

Autores: Ana Cristina Luiz, Ângelo Teodoro, João Rogaciano, Ricardo Dias, Rui Bastos e Yves Robert

Publicação: Editorial Divergência, Dezembro 2015

“Nos Limites do Infinito” transporta-nos para vários mundos da ficção especulativa. Amores que desafiam o tempo, bibliotecas assombradas, histórias enraizadas no interior de Portugal, janelas que nos motivam a fazer o impensável e encontros com a morte fazem parte da nova antologia de autores da Editorial Divergência.

Este livro tem para mim uma saborzinho especial, já que um dos autores aqui publicados é um dos membros do grupo de escrita ao qual pertenço (para quem não sabe, o grupo chama-se Polícia Bom, Polícia Mau e tem presença online aqui e aqui) – o Rui Bastos.

O conto com o qual participa fez parte de algumas sessões em que lhe demos na cab…hum, perdão, em que fizemos críticas altamente construtivas, que se transformaram num excelente resultado final.

A antologia conta com a participação de outros autores, uns mais conhecidos do que outros, neste micro-universo da FC&F portuguesa, e pode ser adquirida na página da editora.

O meu exemplar autografado *cof cof* está neste momento na minha mesa de cabeceira pronta para ser lida de imediato. Prometo uma opinião no blog após a leitura.

Deixem-me finalizar apenas com o seguinte comentário: o número de páginas para esta antologia é de 56, divididas por 6 (seis) contos. Não tenho nada contra e sabe quem me conhece, que admiro de facto esta capacidade em conseguir contar histórias tão curtas, mas um único conto meu tem mais páginas do que isto. Era só o que queria dizer… 🙂

Anúncios

[RC2015#9] O Centenário que Fugiu Pela Janela e Desapareceu, de Jonas Jonasson

Sim, eu sei que o blog tem andado muito parado. As leituras e todos os projectos que poderiam porventura interessar, também estagnaram um pouco nos últimos meses, fruto de uma mudança laboral que não me deixa com tanta disponibilidade com antigamente.
Conto recuperar aos poucos.
Paralelamente, o ano passou a voar e eu, que já não tinha estabelecido um objectivo de leitura muito ambicioso (uns meros 24 livrinhos), nem aos 10 ainda consegui chegar.
Enfim, hei-de terminar mais um dentro em breve, se continuar a lê-lo a este ritmo. Pode ser que ainda consiga metade do número a que me propus. Já não será mau…

Arrumados na Prateleira

Centenário

O Centenário que Fufiu Pela Janela e Desapareceu, de Jonas Jonasson
Edição/reimpressão:2015
Páginas: 368
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04301-6
Idioma: Português

Sinopse

No dia em que Allan Karlsson celebra 100 anos, toda a cidade o aguarda para uma grande festa em sua honra.
Mas Allan tem outros planos… Morrer de velho? Sim, mas não ali!
Munido de um par de chinelos gastos, joelhos empenados e uma ousadia tremenda, Allan lança-se numa extraordinária aventura, arrastado numa torrente de equívocos e golpes de sorte.
E ao mesmo tempo que acompanhamos a sua última viagem (ou será que não?), conhecemos o seu passado, perdido entre guerras, explosões e mulheres fatais – qual delas a mais perigosa!
Uma estreia literária impressionante que conquistou centenas de milhares de fãs.

Opinião:

Porque demorei eu tanto tempo a ler um livro tão bom?
É simples, falta de tempo, porque o livro tem tudo para ser…

View original post mais 109 palavras

Tarte de Vegetais

Há pouco descobri esta tarte de vegetais 🙂 É uma espécie de quiche que fica super colorida e dá vontade de comer só de olhar!!! Logo eu, que adoro legumes assados… Espreitem só o vídeo 😀

Source: ervadoceaventurasculinarias.wordpress.com

Sim, sim, já está arrumadinha no blog das aventuras culinárias para mais tarde experimentar…

Vai dar trabalho, mas algo me diz que há-de valer a pena!

See on Scoop.itMixordia de temáticas

Duplamente sustentável 15 Alimentos que você compra uma vez e replanta para sempre

Duplamente sustentável: 15 Alimentos que você compra uma vez e replanta para sempre.

Source: www.donadecasaatualizada.com

Exeriência em curso lá por casa 🙂

Já tenho um pé de coentros de molho e uma “cabeça” de cenoura a “marinar”.
Hoje é dia de colocar os coentros na terra. Vamos ver no que dá! E cá gostava que desse resultado 😀

O artigo tem dicas para (re)plantar montes de coisas – manjericão, hortelã, cebolinho… Se funcionarem podem ser úteis a quem não tem espaço de jardim para estas coisas e só pode contar com pouco mais que o parapeito da janela.

Olhem só!

2014-12-02 08.49.48Depois digo como correu!

See on Scoop.itMixordia de temáticas

Instagram Blog | Drawing Vivid Portraits from Familiar Faces with @jack_ede

Drawing Vivid Portraits from Familiar Faces with @jack_ede For more realistic celebrity illustrations from a young artist, follow @jack_ede on Instagram.
When a high school art teacher told him he had…

Source: blog.instagram.com

Eu sou daquelas pessoas que acredita que cada pessoa nasce com um dom.
Obviamente, nem toda a gente nasce para ser artista e/ou terá que (sobre)viver do seu talento, mas toda a gente o tem.
Talvez quem não o descubra cedo não tenha a oportunidade de desenvolver ou de melhorar mais e mais. Também creio que por vezes, a sorte de encontrar alguém que valorize esse talento possa ter uma grande influência nas vidas de cada um.
Também sei que há talentos com mais e outros com menos potencial. Muitas vezes assistimos, nos concursos de TV, a pessoas com um certo potencial, mas sem aquele brilho que os poderá distinguir de todos os outros. E depois há aquelas que nascem com uma estrelinha brilhante sobre as suas cabeças.
O que faz com que uma pessoa seja melhor do que outra não vos sei dizer, mas o artista que faz estes retratos de pessoas famosas a partir das fotos que encontra na internet, merece o devido destaque. É a prova que o talento, misturado com esforço, dedicação e uma influência positiva, fazem maravilhas!

See on Scoop.itMixordia de temáticas

Programa Fórum Fantástico 2014

Fórum Fantástico 2014 (9ª Edição) De 14 a 16 de Novembro Biblioteca Orlando Ribeiro, em Telheiras, Lisboa – 14 de Novembro, Sexta-feira 16:00 – Abertura Oficial (incluindo exposição CortázarFrames)…

Source: forumfantastico.wordpress.com

Foi no passado dia 08 de Novembro, na Fnac do Chiado, que foi finalmente desvendado o programa do Fórum Fantástico 2014.
O evento vai decorrer, como tem sido habitual, na Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, em Telheiras, entre os dias 14 e 16 de Novembro.
Este ano conta como convidado especial o escritor britânico Rhys Hughes (que vai ser o autor de quem irei falar hoje no blog, aproveitando a sua presença em Portugal).
Os painéis, como vem sendo habitual, abordam o panorama do Fantástico nas suas diferentes variantes (escrita, ilustração, filmes, videojogos…) e este ano conta ainda com os Prémios Adamastor, que se destinam a destacar o que por cá se tem publicado dentro deste género.
A mim, existem ali umas temáticas que tenho pena de perder mas, de facto, não se conjugam com o meu horário de trabalho. Ainda assim, conto estar presente no sábado, dia 15 para assistir a uma boa parte dos painéis. Contem com os meus comentários para a próxima semana 😉

See on Scoop.itReading & Writing World – Tips and suggestions