Timelapse – O’Porto

Descobri através das redes sociais este vídeo em timlapse sobre o Porto e não pude deixar de o partilhar. Para além de ser um trabalho extraordinário, mostra a beleza do Porto em todo o seu esplendor. Ver aqui retratados os locais mais emblemáticos daquela que é a segunda maior cidade do nosso país foi arrepiante.

Estive há pouco tempo naquela cidade depois de mais de 10 anos sem a visitar. Uma amiga que se desloca lá constantemente em trabalho sempre me disse que adora Lisboa mas se pudesse era no Porto que gostaria de viver. Só nesse fim-de-semana é que percebi porquê.

A cidade é linda, as pessoas afáveis e acessíveis, mais abertas do que na capital. E eu adoro Lisboa! Amo aquela luz, a vista sobre o rio, a Baixa…tudo! Mas o Porto ficou-me no coração. Não poderia concordar mais com ela.

A Av. dos Aliados com a sua arquitectura cuidada, não tem o tamanho da Av. da Liberdade (desengane-se quem a vê na televisão e pensa que é enorme) mas, por outro lado, tem um ambiente muito mais acolhedor, quase intimista.

2014-10-12 09.24.55 2014-10-12 09.25.13   2014-10-12 09.25.24

A Ribeira cheia de gente tem um ambiente mágico, a Ponte D. Luis ali tão acessível aos transeuntes, os miúdos ao banho no rio, mesmo num dia gelado, a vista sobre as caves do vinho do Porto, os Jardins do Palácio da Bolsa…tudo no Porto é uma fonte de inspiração para o nosso olhar.

2014-10-11 14.29.542014-10-11 17.14.16    2014-10-12 15.32.03

Muitas escolhas a nível de espaços para comer, a maior deles com preços acessíveis, o Porto está a tornar-se numa cidade verdadeiramente cosmopolita, em boa parte devido às companhias aéreas low cost terem começado a voar para lá.

Muitas coisas ficam por dizer sobre o Porto. Podia falar da Estação de S. Bento e dos seus azulejos, da Sé, do Bolhão, do Palácio da Bolsa…ui, tanta coisa! Mas não quero aqui estar a debitar conteúdo histórico e/ou arquitectónico. Não, o que vos quero passar são as sensações que tive, as emoções que a cidade me passou. A energia do lugar, cheio de gente jovem e postura descontraída.

Definitivamente, não quero voltar a estar mais 10 anos sem visitar este lugar e para quem não conhece, faça as malas e ponha-se a caminho. O Porto é lindo! 😀

UNESCO elege cante alentejano como Património Imaterial da Humanidade

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura acaba de declarar o cante alentejano como Património Imaterial da Humanidade. Exatamente três anos depois do fado.

Source: observador.pt

Parabéns ao povo alentejano por continuar a perpetuar o Cante pelas bocas do mundo.

Há muita gente que goza com o lento abanar com que é cantado, há muita gente que diz que estas canções lhes fazem sono. Ainda hoje ouvi no café uma senhora que estava indignadíssima por “esta porcaria” ter sido aceite. Pelo olhar que lhe mandei, acho que percebeu que estava prestes a saltar-lhe em cima.

Confesso que me apeteceu perguntar-lhe se gostava de Fado e se acha que é uma cançãozinha mais ritmada, mas controlei-me. Pessoas ignorantes das suas raízes, das suas próprias tradições existem e sempre existirão.

Felizmente há sempre quem as aprecie.

Uma vez mais Portugal está de parabéns! E eu estou orgulhosa até à presunção das tradições do meu país.

Numa altura em que atravessamos as maiores dificuldades económicas e que a classe política é notícia pelas piores razões, são as tradições do povo que nos recompõem a imagem lá fora. E que contribuem para que se possam trazer rendimentos cá para dentro.

See on Scoop.itMixordia de temáticas

Museu do Douro vence medalha de ouro nos Best Wine Tourism

O Museu do Douro, no Peso da Régua, arrecadou a medalha de ouro dos Best Wine Tourism, considerados os Óscares dos vinhos, na categoria “Melhor experiência em Arte e Cultura”, anunciou a instituição.

Este prémio é atribuído pela Rede de Capitais de Grandes Vinhedos – Great Wine

Source: www.movenoticias.com

Mais uma distinção, que me deixa absolutamente orgulhosa do nosso Património!

See on Scoop.itMixordia de temáticas