À Procura de Nouf, de Zoë Ferraris

Mais uma review já disponível na página Arrumados na Prateleira 🙂

Arrumados na Prateleira

À Procura de Nouf
À Procura de Nouf by Zoë Ferraris
My rating: 4 of 5 stars

Esta foi uma sugestão que me deram e revelou-se uma agradável descoberta. Confesso que passei 3 semanas a passeá-lo de um lado para o outro sem conseguir ler mais de uma página de cada vez, mas não se pense que foi culpa da história. Foi mais pela falta de tempo e pelo cansaço.

A história anda à volta da morte de Nouf, uma mulher muçulmana oriunda de uma família saudita bastante rica e socialmente bem posicionada.
O corpo é descoberto no deserto, a pedido da família o processo de investigação da morte é formalmente acusado, mas um dos irmãos pede ao seu amigo Nayir, guia do deserto e conhecedor do terreno, para que faça uma investigação a título privado.

Contra todas as probabilidades e, numa sociedade onde as mulheres tem a sua existência controlada pelas imposições religiosas…

View original post mais 203 palavras

Os Homens que odeiam as mulheres, de Stieg Larsson

homens_k_odeiam_mulheres

Os Homens que Odeiam as Mulheres by Stieg Larsson

 My rating: 5 of 5 stars

 Sinopse:

Mikael Blomkvist é um jornalista financeiro que foi condenado por difamação. Este é o ponto de partida do livro que encerra em si vários enredos: o desaparecimento de Harriet Vanger há 40 anos, o caso Wennerström que leva Blomkvist à prisão e Lisbeth Salander, uma investigadora que é legalmente interdita. Durante o espaço de um ano acompanhamos estes 3 enredos que se entrecuzam e que são quase todos resolvidos.

Opinião:

Há tanto tempo que queria ler este livro e não me desiludiu em nada!

Sou fã do género policial mas tenho lido sobretudo autores americanos. Ou que escrevem dentro do padrão americano, isto é, capítulos curtos, cada um sob a visão de um personagem, numa perspectiva quase cinematográfica.

Aqui o livro divide-se mais numa linha temporal, já que a acção ocorre no espaço de quase um ano.

O protagonista, Mikael Bloomkvist, não é um espião ou sequer um herói de acção. Também não é um anti-herói. É um jornalista reputado e inteligente cuja carreira fica gravemente debilitada depois de ter sido acusado de difamação de um grande empresário.

O enredo inicial é o catalisador da acção, já que se torna no factor determinante para que Mikael aceite a proposta de Vanger, afastando-se do jornalismo durante algum tempo para supostamente escrever a biografia da família.

Por detrás desse pedido está outro, oculto, para ser desempenhado em segredo – o de solucionar o desaparecimento de Harriet Vanger, que ocorreu há 40 anos.

O enredo cruza-se ainda com o de Lisbeth Salander, uma jovem com origens que não são muito reveladas ao leitor, mas cujo talento para trabalhar com computadores é incomparável. Lisbeth e Mikael acabam a trabalhar juntos na solução do mistério.

É um livro fascinante, sem dúvida, que nos mantém em suspense quase até ao fim, já que não há muitas pistas deixadas ao longo do livro e nenhum pormenor é deixado ao acaso.

Falta apenas mencionar que faz parte de uma triologia. Ainda não tenho os outros volumes, mas tenciono que venham cá parar! 🙂

View all my reviews